Experiência positiva!

03/02/2017

DESENVOLVIMENTO WEB


Como lemos, através do artigo postado anteriormente,  Por que criar um site adaptado a dispositivos móveis? é preciso proporcionar uma experiência positiva aos usuários do seu site.

Basicamente, existem quatro abordagens que você pode utilizar para oferecer uma experiência positiva ao usuário móvel de seu site. 

São elas:

1)    Faça um site alternativo para dispositivos móveis

Se você quer oferecer uma experiência de usuário móvel que seja completamente distinta do que você fornece em seu site desktop, desenvolver um site, exclusivo/ separado para os usuários móveis é um ótimo caminho.

Essa solução pode, com certeza, ter relevância em alguns casos, contudo o estímulo é quase como criar um site completamente novo. Portanto, muitos desenvolvedores tomam muito cuidado para não segui-la.

A serventia dela é que você conseguirão exibir somente conteúdo e atividades que fazem completo sentido para os usuários móveis. Isso pode ocasionar em páginas HTML mais objetivas e que carregam mais rápido e recebem usuários com qualquer resolução de tela.

2)    Serviço dinâmico

A existência de distintas URLs para os sites móveis e desktop pode ocasionar em confusão para os usuários.

Outro ponto: considerar somente a largura da tela para estabelecer se o dispositivo móvel do usuário é ou não um dispositivo mível não é uma forma confiável, considerando que smartphones modernos possuem telas com alta resolução, apesar de suas telas serem menores se comprds com as telas de um desktop.

Portanto, você precisa considerar o serviço alternativo dinâmico. Ele, basicamente, consiste em servis as páginas tanto do site desktop quanto móveis por meio das mesmas URLs. Contudo, você precisa entregar o HTML distinto de acordo com o dispositivo do usuário.

Esse tipo de abordagem é, claramente, um pouco mais difícil porque você precisa conseguir detectar o tipo de dispositivo que o usuário está utilizando, como: reconhecer o cabeçalho do User-Agent, enviado pelo navegador para o servidor.

Você pode realizar isso em PHP, olhando para a super-variável global $_SERVER [‘HTTP_USER_GENT’]. Ou seja, você precisa ir atrás de um banco de dados para saber as dimensões do dispositivo para descobrir se o usuário tem, ou não, uma tela pequena.

Quando entregar HTML distinto para diferentes dispositivos por meio do mesmo endereço (URL) também será essencial enviar o cabeçalho de resposta HTTP Vary a fim de permitir que os robôs do Google compreendam que seu site funciona de forma diferente, dependendo do dispositivo do usuário. Você pode fazer isso, utilizando um cabeçalho PHP. Nós podemos te ajudar (62) 3638-4124.

3)    Páginas web responsivas

Ter um site alternativo ou oferecer páginas alternativas, de forma dinâmica, dá bastante trabalho e precisa mais esforço para manter um site. Portanto, vários desenvolvedores web têm preferência de implementar uma alternativa distinta, ténica chamada de responsiva.

Páginas web responsivas são páginas que se encaixam de acordo com mudanças essenciais nas dimensões da página web que estão sendo entregue ao usuário. Isso quer dizer que se a página web modifica suas dimensões, o layout das páginas precisa se adaptar de alguima maneira, usando sempre o mesmo código HTML.

No dia a dia, na prática, não somente as páginas aparecem de maneira distinta em telas que possuem dimensões diferentes. Contudo, elas também podem receber adaptação, por exemplo, para suportar as mudanças de orientação da página. Vamos dizer que o usuário usa seu dispositivo na orientação retrato. Se o usuário gira o dispositivo para que ele mude para a orientação paisagem, por exemplo, o layout da página será, realmente, receptivo a essa mudança e também irá se adaptar à largura e à altura da própria tela, uma vez que elas mudam.

Esse tipo de abordagem mencionada é chamada de responsiva porque responde à modificação de tela dinâmica, usando o mesmo HTML. Por isso, é muito flexível.

Quer saber mais sobre isso? Fale conosco agora (62) 3638-4124.

4. Aplicativo móvel

Essa última abordagem não é, diretamente, uma alternativa, mas sim uma solução que complementa para proporcionar a melhor experiência para usuários de dispositivos móveis. Ela consiste, claramente, no desenvolvimento de um aplicativo móvel que pode ser instalado no dispositivo do usuário com o intuito de fazer o aproveitamente das capacidades essenciais do aparelho.

Gostou deste artigo? Curta, comente e compartilhe-o em suas redes sociais.